;
3 junho
Leia mais

D-ESPAÇO Self Storage: D de Desempenho

Como oferecer soluções em tempos de tantas transformações. Descubra os resultados que atingimos com a D-ESPAÇO Self Storage.

A D-ESPAÇO Self Storage tem um compromisso de qualidade com seus clientes. Da segurança ao atendimento, todas as etapas são realizadas com muito cuidado para que se tenha a melhor opção de autoarmazenamento. A prioridade é solucionar as demandas de espaço daqueles que confiam na empresa para guardar seus objetos mais importantes. Nosso desafio era comunicar isso e evidenciar a relevância da marca no atual contexto.

Por isso, quando todos fomos surpreendidos por uma situação inesperada, que está mudando completamente as formas de socialização e trabalho, nós decidimos que o melhor caminho seria posicionar a marca como parceira dos atuais e futuros clientes.

Na dificuldade de repensar o espaço do lar e da empresa dos clientes durante a pandemia, decidimos divulgar que a D-ESPAÇO Self Storage pode contribuir através de seus mais de 2 mil m².

Estratégia: abrindo espaço para os resultados

O desempenho da D-ESPAÇO no período de 1º até 31 de maio prova que a comunicação foi eficiente, divulgando um serviço de qualidade necessário para os clientes. Tudo isso graças a uma estratégia de Inbound Marketing muito bem estruturada e um público bem definido, formado por lojistas e empresas de-commerce. Neste mês de maio, aumentamos em 60,34% o número de contatos, se comparados ao mesmo período do ano passado.

Com isso, nós auxiliamos no aumento da demanda com uma área bruta locável recorde conquistada, fechamos o mês de maio com um excelente percentual de ocupação por m², mesmo em tempos tão difíceis para a economia.

Para nós é importante guardar cada uma de nossas conquistas

Onde poderia haver um problema oferecemos uma solução. Encontramos um público e definimos uma estratégia. Nos posicionamos junto ao nosso cliente, a D-ESPAÇO Self Storage, buscando caminhos para conectar a demanda à oferta. Acima de tudo, o resultado nos surpreende de forma muito positiva. É por isso que destacamos o comprometimento de nossa equipe e a oportunidade que o cliente nos ofereceu de buscar o melhor desempenho.

Acreditamos que é importante celebrar as pequenas conquistas. São elas que mantém nossa esperança no futuro viva.
Juntos estamos reorganizando a vida para superar a situação. Estamos abrindo espaço para um mundo melhor. É nisso que acreditamos. É isso que buscamos comunicar para ajudar a D-ESPAÇO Self Storage a dialogar com seu público.

Se a Parola Conteúdo puder ajudar também a sua empresa neste momento, conte com a gente.
Entre em contato.

8 abril
Leia mais
GoNext e Parola

Case GoNext: reinvenção em meio à crise

A pandemia da COVID-19 pegou todos de surpresa. Os impactos no cenário econômico foram tão rápidos quanto a capacidade de disseminação do novo coronavírus entre a população mundial. Quando as notícias começaram a chegar, a Parola rapidamente se posicionou de maneira a dar todo o suporte necessário a seus clientes. Afinal, nossa missão é comunicar a ação, aproximar as marcas de seu público, mergulhar no vasto universo digital e entregar uma mensagem clara ao destinatário certo.

As mudanças na rotina de trabalho da equipe não afetaram os resultados, muito pelo contrário: a dedicação ao cliente aumentou ainda mais. As estratégias foram realinhadas para suprir as necessidades atuais. Na crise, encontramos novas oportunidades de reafirmar que we are better together.

Neste contexto, mesmo que o período de incertezas ainda não tenha chegado ao fim, o case da GoNext já mostra que estamos no caminho certo. Especializada em governança corporativa e sucessão familiar, a GoNext oferece suporte às empresas para que seus líderes sejam capazes de tomar decisões assertivas para superar os desafios corporativos. Com a pandemia da COVID-19, suas estratégias tiverem que mudar. A principal mudança aconteceu nos fóruns GoNext CEO e GoNext Presidentes de Conselhos, que antes eram realizados presencialmente, uma vez por mês, com o objetivo de reunir os líderes para debater os mais diversos temas corporativos.

Com a crise e seus constantes impactos socioeconômicos e políticos, os fóruns passaram a ser semanais, inclusive com edições extraordinárias, e realizados por videoconferência. Especialistas dos mais diversos setores, como Direito Empresarial, Finanças e Logística, mediam o debate, apresentam fatos, analisam os cenários e esclarecem dúvidas dos participantes. Os membros dos fóruns ainda têm acesso a um conteúdo especial, com resumo completo das apresentações e curadoria de notícias e artigos relacionados à crise e ao mundo corporativo.

Tudo isso foi colocado em prática em apenas alguns dias, dada a urgência da situação. A Parola deu apoio com estratégias de inbound marketing e produção de layouts e conteúdo para os mais diversos materiais – desde cards para WhatsApp e e-mails marketing até páginas para o site. A equipe também acompanha todos os fóruns e produz materiais pós-evento. Agilidade, eficiência e dedicação em uma parceria que vai além de qualquer crise.

8 abril
Leia mais
Parola Conteúdo - Comunicação

Comunicação em tempos de crise

Enfrentamos uma pandemia global que afeta todos os aspectos das nossas vidas, dos relacionamentos interpessoais à economia. Neste cenário, a mudança é inevitável, mas o medo também. Medo de perder quem a gente ama, medo de perder o emprego, medo de se perder. No fim, depois da crise vem a calmaria. Mas, até lá, o que fizemos dos nossos dias?

Isso nos leva a pensar em nosso papel enquanto profissionais da comunicação. Afinal, carregamos em nossa profissão um comprometimento com a sociedade, com a nossa gente. Em momentos como esses, a comunicação prova mais uma vez sua relevância social – o que vai muito além de sua utilização econômica.

Comunicação em tempo de crise ou tempo de crise da comunicação?

Muito se fala sobre os usos da comunicação e se ela estaria em crise face a obstáculos contemporâneos, como as famigeradas fake news. Entretanto, no cenário que estamos vivendo, fica clara a sua importância no âmbito da esfera pública. Afinal, como enfrentar a crise sem uma estratégia eficiente de comunicação? Mais do que isso, as escolhas realizadas em tempos assim definirão a trajetória das marcas após o período.

Quando tudo volta ao normal, o que faz o consumidor lembrar das empresas é justamente a estratégia de comunicação durante a crise. Deixar de lado o relacionamento entre marca e consumidor agora pode gerar uma queda considerável nas vendas depois, ou até mesmo o fim de um negócio promissor. Mas é certo que o investimento no setor precisa também seguir as limitações impostas por um cenário diferente de tudo o que estamos acostumados. A comunicação antes da crise não será a mesma durante nem voltará a ser depois. Então, o que fazer?

Conteúdo é a palavra-chave para enfrentar o momento. Falar da boca para fora nunca foi ferramenta eficiente na comunicação, é menos ainda agora. O público pede informações relevantes e valiosas. Um comentário fora de contexto pode até mesmo soar desdenhoso e, consequentemente, afetar a empresa. Quando encaramos o medo e a ansiedade que a crise gera, nos apegamos com fervor à vida cotidiana, inclusive à família, amigos e, claro, às marcas. Porém, se estas mesmas marcas não oferecem o acolhimento que se busca e, pelo contrário, parecem aproveitar a ocasião para estimular as vendas em um momento sensível, logo o público interpreta isso como oportunismo para lucrar mais.

Assim, é importante substituir o lucro pela lembrança de marca no objetivo da comunicação.
O grande diferencial é sair da crise com a imagem de que a empresa é parceira de seu público, que enfrentou tudo junto ou ao menos procurou ajudar, na medida do possível. Cada pequeno gesto em momentos difíceis pode carregar solidariedade e afeto, e tudo isso faz a diferença na percepção da marca. Logo, você deve se perguntar: o que o seu negócio pode oferecer, ensinar, entregar para a sociedade em tempos de crise?

Ambev versus coronavírus

A Ambev está entre as empresas mais ameaçadas pela crise do coronavírus. Afinal, o isolamento social significa o fim dos rolês com os amigos, do churrasquinho com a família, da confraternização com os colegas. E claro que, na lista de compras da quarentena, a cerveja ficou muito atrás de itens de primeira necessidade, como alimentos. Perdeu até para o papel higiênico, que sumiu das prateleiras. Então, a empresa se fez uma pergunta essencial: o que eles poderiam fazer para ajudar? Não para vender mais ou manter o lucro, mas ajudar.

Na contramão do que seria esperado em situação de risco financeiro, a empresa se propôs a doar uma parcela considerável de sua matéria-prima, o álcool. Ou seja, da matéria que faria a alegria das pessoas, eles decidiram preparar um produto que faria a diferença: o álcool em gel, outro item que desapareceu das prateleiras do mercado. A Ambev se propôs a doar este produto fundamental no combate ao vírus para hospitais que enfrentam a crise na linha de frente. A comunicação aliou-se à ação, com um toque de solidariedade, cujo resultado pode não ser mensurado nas planilhas financeiras, mas com certeza contribuirá para a percepção que o público terá da marca.

Depois disso, logo foi evidenciada outra necessidade que precisa de atenção em momentos como este: monitoramento e gestão da comunicação. Já que, mesmo em ações como esta, há aqueles que percebem uma oportunidade para explorar a situação. Não demorou a surgir uma mensagem, falsa, divulgando que a empresa estaria distribuindo álcool em gel gratuitamente para a população, exigindo, para isso, algumas informações confidenciais das pessoas. Sem o acompanhamento eficiente da comunicação, a empresa poderia involuntariamente contribuir para o roubo de informações de seus clientes, mas o investimento em monitoramento e gestão identificou e neutralizou a atividade criminosa, mantendo a imagem da marca intacta e garantindo que seu consumidor se sinta protegido.

No fim, após a quarentena virá o tão aguardado happy hour, quando, finalmente, poderemos reencontrar a família, os amigos e os colegas e colocar o papo em dia. Então, a mesma marca que ofereceu o que podia para ajudar no combate à pandemia estará conosco para celebrar a vitória sobre o vírus que assombrou nosso planeta.

Tinha um vírus no meio do caminho

Nenhuma empresa está preparada para enfrentar crises como uma pandemia global. É algo que simplesmente não está previsto sequer nos melhores manuais, cartilhas, livros, cursos etc. Afinal, ninguém espera que algo assim possa acontecer. Então, se a sua empresa enfrentar dificuldades, tudo bem. Evite carregar a culpa de não saber lidar com o que é completamente inesperado. É preciso aceitar que podemos falhar. Mais importante é entender como todos podemos ajudar no combate à crise para sairmos dela fortalecidos enquanto marcas e, principalmente, enquanto humanos.

Neste cenário, as incertezas, às vezes, nos travam. O que fazer? Entre as primeiras medidas, sugerimos seguir as recomendações das instituições oficiais. Mostrar a preocupação da sua marca com a crise e compartilhar as ações que sua empresa toma para garantir a segurança de todos, inclusive dos clientes. As pessoas vão procurar informações sobre a crise e, se a sua marca souber aliar a comunicação ao tema, isso pode aumentar a relevância do seu conteúdo.

Em seguida, é um pouco do que já falamos, se a sua empresa puder ajudar de alguma forma, ajude. Mas evite ações que possam soar oportunistas, certo? Descontos, por exemplo, são apenas mecanismos de venda e não oferecem uma contribuição solidária. Procure também humanizar a sua marca, promovendo uma verdadeira conexão com seus clientes. Afinal, durante a crise, todos enfrentamos inseguranças, inclusive as empresas. Por trás de toda marca existem pessoas. Então, compartilhar alguns dos desafios do seu negócio pode ajudar a mobilizar o público por meio do afeto, desde que recíproco, e não há constrangimento em mostrar vulnerabilidade. Algumas empresas, como bares e restaurantes, sofrerão mais em virtude de condições restritivas como a quarentena, então falar abertamente sobre isso mobiliza a parcela mais fiel de clientes. Por fim, uma alternativa pode ser investir na presença digital da sua marca, aproximando-se do seu público de forma atenciosa e acolhedora.

Acima de tudo, lembre-se que a comunicação é um instrumento poderoso para sua marca enfrentar crises.

19 julho
Leia mais
pets2

Pets 2

Alto engajamento orgânico em ação no Shopping Jardim das Américas

A ideia

A animação Pets – A vida secreta dos bichos estreou em agosto de 2016 e contou com uma bilheteria de 875,5 milhões de dólares. Neste ano, o Pets 2 estreou e nós aproveitamos a ocasião para criar uma ação de engajamento para o Shopping Jardim das Américas, aproveitando que ele contaria com um espaço temático para recreação de crianças de 3 até 10 anos com atividades como minigolfe, cinema, parquinho, pula-pula e painel para fotos.

A campanha foi divulgada nas redes sociais do Shopping – Instagram e Facebook – e nosso post foi baseado na temática do filme “Nasce uma Estrela”, dirigido pelo ator Bradley Cooper e protagonizado pela atriz e cantora Lady Gaga. Escolhemos a temática “Meu pet, uma estrela de cinema”. A mecânica funcionou da seguinte forma: os usuários deveriam enviar fotos e vídeos de seus pets em momentos engraçados, aprontando alguma coisa, uma forma de lembrar a história do filme Pets 2, que mostra o universo do que acontece quando os donos não estão em casa. Uma de nossas estratégias foi não divulgar onde os materiais seriam transmitidos. Dessa forma, geramos curiosidade nos participantes e incentivamos que continuassem acompanhando as redes sociais do Jardim das Américas.

Quando encerramos o recebimento dos materiais, selecionamos 15 vencedores. Essas pessoas ganharam um par de ingressos para qualquer sessão de Pets 2, receberam um certificado de estrela de cinema com o nome do seu pet, e o mais legal foi o seguinte: elaboramos um vídeo com os materiais dos 15 pets vencedores e transmitimos antes da sessão do filme! Confira como ficou:

Objetivo

Com a ação, nossos objetivos foram: aproveitar a oportunidade de lançamento do filme, aumentar o fluxo de pessoas no Shopping (principalmente na atração temática para as crianças) e  aumentar o engajamento nas mídias sociais do cliente – sobretudo a partir de comentários e marcações de amigos, permitindo que as publicações impactassem organicamente um grande número de pessoas.

Ferramentas Utilizadas

Para divulgarmos a ação, usamos publicações no feed do Facebook e Instagram do Shopping com baixo investimento. Grande parte do resultado (mais de 400 participações) veio do alcance orgânico. Dois fatores contribuíram para o alto engajamento e sucesso da ação: a temática atual e o monitoramento eficiente. A equipe da Parola respondeu o envio dos materiais, e a partir desse diálogo, os participantes enviaram ainda mais fotos e vídeos. As interações foram super divertidas. Afinal, com pets envolvidos, não tinha como ser diferente, não é mesmo?

Resultados

Com a ação, impactamos mais de 74 mil pessoas. Destes, 63% vieram das publicações de forma orgânica. Além disso, tivemos um resultado significativo em relação ao crescimento do número de fãs da página do Shopping: 109 fãs por dia, no período da ação, quando a média diária é de cerca de seis fãs.

E aí, curtiu a nossa ideia?
Que tal vir tomar um café conosco? Vamos adorar receber você aqui na Parola!
www.parolaconteudo.com.br